Atividade sobre Precarização do Trabalho: “Favela Fábrica”

Esta atividade tem como objetivo consolidar a compreensão dos alunos quanto aos conceitos abordados dentro do eixo temático “Trabalho, classe e produção”, em específico ao processo que levou a uma maior precarização do trabalho.

Orientação: o aluno deverá assistir ao vídeo “Favela Fábrica”, ler ao texto publicado nos créditos, reproduzido por nós logo abaixo, e responder a questão.

Texto:

Desde 2004 tramita na Câmara dos Deputados um projeto de lei que visa regulamentar a terceirização do trabalho no Brasil. O PL 4330, de autoria do deputado federal Sandro Mabel (PMDB-GO), é criticado por sindicatos de trabalhadores, para quem ele vai levar à precarização do trabalho.

Já os defensores da nova lei dizem que a terceirização é uma realidade no Brasil e deve ser regulamentada. Segundo o Sindicato das empresas de prestação de serviços terceirizados (Sindeprestem), a indústria é o setor que mais contrata mão de obra terceirizada: 74% das grandes indústrias no Brasil usam esse tipo de trabalho.

A Pública foi até o Jardim Pantanal, na zona leste de São Paulo, para conhecer de perto como funciona na prática a terceirização de produtos industriais. E conversou com os operários dessas novas fábricas improvisadas – em sua maioria, idosos, mulheres e crianças. Veja a reportagem da Agência Pública.

Reportagem, imagens e edição: Luciano Onça
Roteiro: Sofia Amaral
Produção: Vagner Fernandes

Questão:

A partir do vídeo e dos conceitos aprendidos na disciplina de Sociologia, escreva uma resenha crítica do mesmo, abordando o debate sobre a terceirização do trabalho.

A avaliação desta atividade levará em conta as seguintes competências: compreensão (no caso, do vídeo e do texto), construção de conceitos (a capacidade do aluno em explicar uma determinada questão); relacionamento de ideias (fazer relações entre o que está evidente e o que não está colocado; usar criatividade e outros conhecimentos)

DATA: 16/08

Anúncios
Esta entrada foi publicada em COTIL 2, Trabalho e Sociedade, Uncategorized com as etiquetas , , , . ligação permanente.

Deixar o seu comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s